domingo, 6 de novembro de 2016

Berço da Memória



É impossível apagar a tua lembrança dentro da minha Alma. A tua luz ilumina a obscuridade dos meus dias, abre-me as janelas que eu teimo em fechar. Não sei explicar este sentimento tão profundo, mas sei que tu vives em mim como uma melodia suave perfumada de ternura! Tu sabes dos meus tormentos, conheces os meus caminhos baralhados e sempre me embalas em tantos momentos em que me perco no labirinto da vida.

Como é possível este teu poder se não estás agora, aqui, comigo?!

Tu és magia, és a minha estrela-guia que eu contemplo todas as noites e me faz sorrir. Vislumbro a tua presença distante, mesmo que as nuvens trajem o céu porque a tua luminosidade é diáfana, colorida, tem aromas de uma saudade que percorrem as alamedas do Universo para chegares a mim.


Folheio as páginas da nossa aliança, cada uma delas tem escrito o teu Amor, contêm a poesia do teu amado Sentir que eu aconchego amorosamente no berço da memória onde eu gosto de baloiçar para chegar a ti.

Princesa do Mar

1 comentário:

A.S. disse...

Belissimo texto poético! Tuas palavras têm ao mesmo tempo doçura e arrebatamento... a serenidade das brisas e o tumulto de um vendaval.
Ler-te... é um doce fascinio!...

bjsss... AL

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...