terça-feira, 21 de abril de 2015

Regresso devagar...




Regresso devagar ao teu poema...
As reticências convidam-me
a entrar no bailado das rimas
e a segredar o teu nome
em cada verso que se espreguiça
por entre as páginas do teu sentir.
Percorro os caminhos de saudade
em cada estrofe que me abraça...
Há um encanto que me seduz,
uma melodia que me prende
ao sussurro esvoaçante do teu sonho.
Os meus olhos são ternura...
Têm o perfume do teu beijo...
Flores de um sorriso reencontrado
na metáfora do desejo.

Princesa do Mar

1 comentário:

© Piedade Araújo Sol disse...

que bonito!

ao ler dava-me a sensação de estar a escrever.

muito belo, gostei deveras!

:)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...