sexta-feira, 6 de junho de 2014

A magia aconteceu...



E a magia do poema aconteceu… O destino sorriu, deu a mão ao sonho. Um murmúrio doce segredou uma canção de futuro e o presente alinhou-se nas estradas de tantas esperas. Há um caminho que se estende adornado de primavera, flores de quimeras cheias de vida. Não há chuva que impeça os passos da liberdade, há a bênção dos céus que escorre nas ruas dos nossos desígnios e nos convida a permanecer lado a lado.

A utopia dissipa-se neste encontro de almas que apaga o vazio da ausência. O mistério vai deixando cair os seus segredos e os olhos captam os sussurros escondidos por detrás das letras e das palavras que dão vida a esta longínqua demanda. Despem-se as palavras, revelam-se os desejos, as partilhas contidas arrumadas no sótão das lembranças.
Ouves a melodia do silêncio? Há um timbre diferente que nos impele a uma dança lenta coreografada de ternura. Vamos dançar nas nuvens e tocar nas estrelas? Passos de dança, corpos colados na poesia das palavras. Hoje tudo é possível, as surpresas sucedem-se num júbilo crescente.

O teu olhar é uma poesia que o meu decifra e os nossos olhos beijam-se sem cessar, há uma alquimia que os prende como se eles declamassem tantos poemas espalhados no horizonte de tantas páginas perdidas pelo tempo, agora reencontradas.

As tuas asas demoram-se em mim… há um silêncio encantador, um desejo calado que anseia outro poema polvilhado com a poção mágica de um Mago que tudo faz acontecer.

Agora, adormeço contigo na concha do nosso amor, os nossos corpos estão cansados de prazer, as vozes emudecem, os gestos aquietam-se… O suspiro tranquilo da noite apaga a luz até que a aurora desponte de novo com o sol da tua presença.

Princesa do Mar

3 comentários:

© Piedade Araújo Sol disse...

uma prosa poética que é uma pérola..

:)

Jose Lopes disse...

Assim é que os nossas mais sublimes memórias abrangem a eternidade, ainda aqui, nesta dimensão em que os nossos sentidos são protagonistas, e viajamos os mistérios das noites e as bênçãos das auroras.

Como sempre, o êxtase da impecável construção das tuas palavras.

Princesa do Mar disse...

Obrigada, amigos poetas! Sabe sempre bem ouvir as vossas impressões sobre os meus simples murmúrios...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...