segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Ausência



Caminho vazia, sem os braços dos teus versos, olhos parados no abismo de um desejo moribundo. Solidão crescente que me afunda num mar estagnado sem a ondulação de uma carícia, sem a fragrância de um poema.
Onde se encontra o murmúrio das brisas que me ofereciam o segredo do teu nome? Onde se encontra aquele sopro de ternura que me desenhava auroras no coração e me devolvia a candura de um sorriso que eu perdera nas encruzilhadas da vida?
Sinto-me cansada destas viagens etéreas de tantos séculos, destas rimas imperfeitas do meu ser. Sei que és metade de mim mas os nossos caminhos são linhas que não se cruzam na mesma estrada.
Vagueio incompleta com o teu coração no meu, na demanda de um laço que me prenda ao teu beijo e me deixe descansar na paz do teu corpo, aninhada na eternidade dos teus sentidos.

Princesa do Mar

4 comentários:

Jose Lopes disse...

Tantos são os sonhos, desejos, memórias e ousadias semeados pela existência daqueles que desafiam a realidade com os seus sentimentos. São como sementes largadas nos horizontes das ternas saudades, etéreos campos, porém ricos de certezas cristalinas, que nos segredam a esperança no silêncio e aconchego do nosso coração.

Jose Lopes disse...

Tantos são os sonhos e as saudades deixados ao longo da existência daqueles que desafiam a realidade com os seus sentimentos. São como sementes abandonadas em étereos horizontes, porém férteis das mais cristalinas certezas, que segredam a esperança no silêncio dos nossos corações.

MANUEL GOMES disse...

Olha para esse caminhar vazio sem versos são sonhos de amor e de saudades lindo texto.
Beijos
Santa Cruz

SANTA CRUZ disse...

Bela Princesa Votos de um Santo Natal e um ano novo cheio de alegria e amor. Beijos

É NATAL

O Céu se iluminou…
E uma estrela apareceu;
Os anjos cantam hinos:
Nasceu o filho de Deus.
Numa gruta em Belém…
Veio ao mundo o salvador;
Trazendo em suas mãos:
A verdade paz e amor.
Seu berço foi uma Manjedoura…
Pobrezinha sem igual;
Que as bênçãos do Deus menino:
Se renovem neste Natal.
Autor: Santa Cruz (Diácono Gomes)

Deposito Legal Nº 308606/10 ISBN Nº 978-989-8261-88-5

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...