domingo, 26 de junho de 2011

Tu não sabes...




...mas há momentos em que o teu olhar sorri flutuando no brilho das estrelas, pedaços de luz divina que eu roubo ao firmamento e agasalho nos segredos do coração. Há tantos murmúrios soltos no universo, brisas de ilusão ondulando em lembranças... há tantas lágrimas de saudade e esperança a deslizar junto dos meus lábios, desenhando sorrisos vãos.

Tu não sabes... mas nas horas silenciosas da noite, disfarço a solidão, procuro-te na minha fantasia que insiste em prolongar-se no devir do tempo...oiço a música da tua voz beijando a solitude da minha nostalgia... abraço a ternura do teu coração.

Tu não sabes... mas ainda bordas as minhas noites de estrelas deixando centelhas de luz no meu pensamento, povoas placidamente as paisagens secretas da minha alma derramando perfumes da Lua no aconchego das minhas excelsas emoções... agasalhas-te de mansinho no refúgio da memória e assim permaneces na morada dos meus devaneios...

Tu não sabes, mas lembrar-te é florir primaveras nos campos áridos da espera...é guardar na minha boca o teu sorriso de flores alvas... é tanger melodias de eternidade pelas galáxias enamoradas do sonho!

Ah, meu amor!... Será que ainda escutas o silêncio das palavras que componho nas sendas do universo? Será que ainda sentes a canção das estrelas e os sussurros da Lua que ainda te banham com a luz amorosa do meu sonho?


Princesa do Mar

Sem comentários:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...