terça-feira, 17 de agosto de 2010

MIRAGEM...?


Regressas a mim…

Trazes nas mãos um bouquet de palavras, versos perfumados de rimas e feitiços que me conduzem a um jardim adornado de sonhos. Sorrio(te)… deixo que as flores das estrelas passeiem entre nós e iluminem a solidão dos tempos.
.
Não digas nada… deixa-me ver-te chegar, deixa-me sentir o aroma do teu respirar, sopro diáfano entrelaçado de crepúsculos solares… Não podes ser somente uma miragem, existes em mim, vives na minha alma… és essência do meu ser.
.
Não partas agora deste mundo só nosso, amor… não te vás ainda deste lugar mágico impregnado de memória onde as nossas almas se (re)conheceram. Este é o oásis que deslindámos no deserto de uma (e)terna busca. Um refúgio sem tempo, onde a noite e o dia não existem… Sol e Lua numa fusão cósmica encantada, união sagrada, tão esperada nas veredas de tantos séculos vazios.
.
Sonho-te sempre… e em cada sonho beijo as sílabas de amor que os teus lábios sussurram em silêncio. Voo feliz numa dança etérea, vou nos braços das brisas ao encontro dos teus, faço-me borboleta no teu céu, flor do teu jardim, sereia do teu (a)mar… princesa amada das tuas histórias encantadas.
.
Sabes, amor… a melodia embala-me o pensamento, escuto-te sem que a tua voz se corporize porque tu és o som da vida que me faz florescer neste imenso caminho que trilho (s)em ti.


Princesa do Mar

1 comentário:

Sonhadora disse...

Minha querida
Um texto muito belo...silêncio falado em pura poesia, adorei.

Beijinhos
Sonhadora

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...